Selo Verde destaca e reconhece empresas comprometidas com o desenvolvimento sustentável da região da Praia da Pipa

Com o objetivo de destacar e reconhecer os empreendimentos da região da Praia da Pipa verdadeiramente empenhados em desenvolver suas atividades habituais de maneira sustentável, o Preserve Pipa, movimento de empresários que atua diretamente da conservação e promoção do destino, definiu os primeiros classificados para o obtenção do Selo Verde, um prêmio concedido a meios de hospedagem, alimentação e turismo, que comprovem executar ações de responsabilidade ambiental, social e econômica em prol da manutenção e longevidade local.

Os primeiros premiados foram, pelo Pipa Convention Bureau: Dall Italiano, Restaurante Macoco, Tamariz, Espaço Lampião, Primar Orgânica e Trieb Club. E pela ASHTEP: a Pousada Xamã, o Hotel Kilombo Villas, a Toca da Coruja e o Hotel Madeiro Beach.

Para conquistar o Selo Verde, os empreendimentos associados ao Movimento Preserve Pipa precisaram comprovar de forma documental que atendem a pelo menos 90% dos critérios estabelecidos por especialistas em crescimento sustentável. Entre eles: a realização de coleta seletiva, controle de resíduos orgânicos, posse de alvará de funcionamento, CNPJ ativo, contratação de mão de obra local, contratação via CLT, entre outros.

A iniciativa é antes de tudo um incentivo, comenta Heloísa Faria, vice-presidente do Preserve Pipa. “Sabemos que para tornar os nossos empreendimentos verdadeiramente sustentáveis o caminho não é o mais fácil, pelo contrário, muitas vezes é o mais complicado. Por isso, essa premiação quer incentivar, reconhecer e promover os gestores e suas empresas”, disse. “É uma forma de dizermos que eles estão no caminho certo, inspirar outros estabelecimentos e também de mostrar para os viajantes que essas são empresas que respeitam a tríade da sustentabilidade e merecem ser escolhidas por eles”, completou Heloísa.

Faça a sua Reserva

Carregando...
8